Política de Fato

Para “seu” Orlando, o pedestal dos grandes

Por: Aparecido Santana e José Leidivaldo.


24/07/2019 10:47 - Atualizado em 24/07/2019 10:49

As linhas a seguir serão uma tentativa, singela, incipiente e muito aquém do que foi o homem, o cidadão e o político Iolando Evangelista dos Santos, falecido aos 22 de julho do corrente ano. “Seu” Orlando foi a um só tempo vanguarda mas fiel à sua época; coragem, temperança e lealdade. O clã dos Evangelistas, não poucos em terras de Maniçoba e adjacências, prantam e lamentam a passagem para outro plano do genitor-mor de uma numerosa prole. Seu Orlando deixa como maior legado uma história de quem contribuiu, à sua maneira, para que seu semelhante pudesse ter mais dignidade e dias melhores, portanto, pôde respeitar um dos princípios bíblicos mais caros à existência humana: “amar ao próximo”.

Na política, portou-se como um pacificador em tempos tempos de longevas e intensas contendas partidárias. Soube contemporizar como poucos. Dialogava com a mesma tranquilidade e respeito tanto com o mais fiel aliado quanto com o ardil adversário. Timoneiro da liberdade foi o último prefeito eleito pelo então “grupo do PFL”. Talvez seu Orlando tenha sido o nosso Tancredo Neves. A história dirá.

Galanteador como é, por essência, os nordestinos. Conhecedor da sabedoria popular pois foi a vida sua maior escola. Destinou seus melhores dias às atividades políticas e àquilo que engradece à dignidade do homem: o trabalho. Não se permitia eximir em opinar naquilo que entendesse ser importante. Jamais usou a ofensa, a violência, a maledicência para desabonar, desonrar quem quer que fosse.

Seu Orlando sintetizou como pouco o que preconizou o jornalista Euclides da Cunha em sua célebre obra Os Sertões: “o sertanejo é, antes de tudo, um forte”. Como todos os grandes homens ganham epítetos póstumos, para seu Orlando não encontramos outro senão “o prefeito com alma de povo”.

Por fim, aos familiares deste senhor octogenário que acaba de nos deixar recorremos à bíblia como fonte de sabedoria e consolo. "Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim. Na casa de meu Pai há muitos aposentos; se não fosse assim, eu teria dito a vocês. Vou preparar lugar para vocês. E, quando eu for e preparar lugar, voltarei e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver. Vocês conhecem o caminho para onde vou". João 14:1-4