Política de Fato

Anselmo Tavares morreu com suspeita de COVID-19

Não haverá velório e o sepultamento ocorrerá às 08h deste sábado (12).


11/12/2020 20:51 - Atualizado em 11/12/2020 20:55

O jornalista Anselmo Tavares, de 62 anos, morreu no Hospital José Franco Sobrinho, em Nossa Senhora do Socorro, com suspeita de COVID-19. O comunicador possuía diversas comorbidades e aguarda o resultado de exames para confirmar ou descartar a doença.

De acordo com os familiares, devido ao laudo constar suspeita de COVID-19, não haverá velório e o sepultamento ocorrerá às 08h deste sábado (12), no Hospital São Benedito, em Aracaju.

O Governador Belivaldo Chagas emitiu nota de pesar pela morte do profissional:

“Foi com grande pesar e consternação que recebi a notícia da morte do comunicador Anselmo Tavares, de 62 anos. Ele já estava internado no Hospital José Franco Sobrinho, em Nossa Senhora do Socorro, em tratamento de algumas comorbidades, mas acabou não resistindo.

Anselmo marcou época na TV e principalmente no rádio sergipano, sendo muito conhecido nas regiões Agreste e Sertão de Sergipe, apresentando programas nos municípios de Nossa Senhora da Glória e Frei Paulo.

Deixo aqui o meu abraço para toda a família, amigos e ouvintes de Anselmo, que ficará para sempre na história da nossa imprensa. Que Deus conforte o coração de todos e o tenha num bom lugar”.

A Rede Xodó de Comunicação lamentou a morte. Em nota, a emissora disse que, com um perfil voltado a prestação de serviço e o destaque das pautas mais relevantes em nível regional, Anselmo teve importante papel no crescimento da Xodó FM de Nossa Senhora da Glória.